NOTÍCIAS

COMUNICADO SICOM N. 18/2017

aq.jpg

 

O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, por meio da Coordenadoria para Desenvolvimento do Sicom, comunica que a versão 4.1 do Plano de Contas padronizado até o 7º nível (PCASP TCEMG 2018), atualizado em 20/11/2017, acompanhada do resumo das alterações, encontra-se disponível no Portal do Sicom.

Foram realizadas as seguintes alterações:

  1. A conta 6.3.1.3.0.00.00 RP NÃO PROCESSADOS LIQUIDADOS A PAGAR foi alterada de “Transfere Saldo (T) ” para “Encerra Saldo (E) ”. Conforme orientação constante no MCASP (7ª edição), os Restos a Pagar Não Processados liquidados no exercício, mas não pagos, devem ser transferidos para Restos a Pagar Processados a Pagar. Dessa forma, a conta 6.3.1.3.0.00.00 RP NÃO PROCESSADOS LIQUIDADOS A PAGAR terá seu saldo encerrado no final do exercício.
  2. As contas de Execução de Atos Potenciais que constavam no PCASP como “Encerra Saldo (E) ” passaram para “Transfere Saldo (T) ”, considerando que elas só devem ser encerradas ao final do contrato, convênio ou instrumentos congêneres, e não ao final do exercício. Essa orientação consta na IPC 03 – Encerramento de Contas Contábeis no PCASP.
  3. A conta 1.2.5.0.0.00.00 DIFERIDO e respectivos desdobramentos foram inativadas, considerando que os saldos remanescentes devem ser integralmente amortizados até 2017.
  4. Foram corrigidas as informações das colunas “Escrituração” e “Encerramento” da conta 8.2.2.0.0.00.00 EXECUÇÃO DA PROGRAMAÇÃO FINANCEIRA.

Feliz natal e um próspero 2018

Caro usuário,

A ASI Sistemas agradece por mais um ano de parceria.

 2017 - Cópia.jpg

 

Atenciosamente,

 

EQUIPE      

ASI Sistemas, qualidade é o nosso compromisso!

Você conhece o Sistema Custos?

Você conhece o Sistema Custos?

Proporciona às entidades do setor público brasileiro o cálculo de custos conforme a norma contábil NBCT-SP 16.11, facilitando aos profissionais da contabilidade pública o atendimento da exigência legal gerada pelo conjunto de normas de aplicação aos cálculos de custos para as entidades públicas. O Custos possibilita a utilização de várias metodologias de custeio e sua aplicação de forma técnica, tratando as informações existentes nos demais sistemas de gestão da entidade de forma totalmente automatizada e integrada, evitando que cálculos complexos sejam realizados manualmente em planilhas eletrônicas.

Fonte de Dados: www.betha.com.br

 

vc conhece o sistema Custos.jpg

Como o chamado "faseamento" da implantação do E-social afeta a administração pública

Como o chamado Faseamento.jpg

POR Carlos Antonio Souza Villela | GESTÃO PÚBLICA - Fonte de dados: Betha Sistemas

 

Conforme já divulgado, o Comitê Gestor do e-Social anunciou no final de Novembro o cronograma de implantação, que será efetivado em cinco fases a partir do primeiro semestre de 2018. Neste primeiro momento, a medida é voltada para empresas com faturamento superior a R$ 78 milhões anuais, que passam ter a utilização obrigatória do programa a partir de 8 de janeiro de 2018. Esse grupo representa 13.707 mil empresas e cerca de 15 milhões de trabalhadores, totalizando aproximadamente 1/3 do total de trabalhadores brasileiros.

A implantação em cinco fases também será adotada para as demais empresas privadas do país, incluindo as micro e pequenas, e os MEIs que possuem empregados, cuja utilização obrigatória está prevista para 16 de julho de 2018.

Para a Administração Pública, o e-Social torna-se obrigatório a partir de 14 de janeiro de 2019. Quando totalmente implementado, o e-Social reunirá informações de mais de 44 milhões de trabalhadores do setor público e privado do país em um único sistema.

Todavia, embora o chamado “faseamento” possa ser equivocadamente interpretado como mais um adiamento, o Administrador Público deve estar atento às diversas atividades preparatórias, como por exemplo, a preparação do cadastro da Entidade (evento S1000); o saneamento e complementação cadastral dos servidores, empregados públicos, estagiários e demais pessoas físicas, além dos contribuintes obrigatórios da Previdência (Regime Geral e Próprio); os quais demandarão um cadastro extenso e bastante abrangente nos termos dos layouts já publicados no portal do e-Social (eventos S2200, S2300 e S2400), entre diversas outras atividades imprescindíveis.

Outro ponto bastante relevante é a gestão de contratos. Como sabemos, os pagamentos por serviços tomados pela Administração Pública (geralmente perante o segmento privado que ingressa do eSocial e na EFD REINF em breve) necessitam de comprovação mensal da conformidade fiscal e trabalhista. Além disso, as retenções de tributos só poderão ser realizadas se tomadores e prestadores estiverem “em dia” com a implantação do e-Social e com a chamada EFD REINF. Ainda, a integração e atualização dos atuais sistemas informatizados de gestão, especialmente RH, Jurídico, Fiscal e Medicina e Segurança do Trabalho são fatores imprescindíveis para o envio dos arquivos conforme layout do e-Social e da EFD REINF, de acordo com o cronograma já divulgado.

As entidades que descumprirem o envio de informações por meio do e-Social estarão sujeitas à aplicação de penalidades e multa. Além disso, vale lembrar que as obrigações digitais unificadas ampliam a capacidade de fiscalização do Estado e melhoram a formulação de políticas públicas do país, já que o governo contará com uma informação única e muito mais consistente.

Confira abaixo o cronograma de implantação para a Administração Pública (Grupo 3)

Entes Públicos

• Fase 1: Janeiro/19 - Apenas informações relativas aos órgãos, ou seja, cadastros dos empregadores e tabelas;

• Fase 2: Março/19: Nesta fase, entes passam a ser obrigados a enviar informações relativas aos servidores e aos seus vínculos com os órgãos (eventos não periódicos). Ex: admissões, afastamentos e desligamentos;

• Fase 3: Maio/19: Torna-se obrigatório o envio das folhas de pagamento;

• Fase 4: Julho/19: Substituição da GFIP (guia de informações à Previdência) e compensação cruzada;

• Fase 5: Julho/19: Na última fase, deverão ser enviados os dados de segurança e saúde do trabalhador

Premiação dos melhores técnicos do ano de 2017

Premiação dos melhores técnicos do ano de 2017

page.jpg

Após a premiação da equipe destaque foi a vez de premiar os melhores técnicos do ano de 2017.

Na segunda colocação foi o Técnico da Área de Administração e Gestão o colaborador Bruno da Costa Lacerda, que obteve excelentes resultados e uma alta performance no atendimento.

Com 33 anos, Bruno Lacerda é graduado em Direito e está na ASI Sistemas há quase seis anos.

Perguntado sobre a motivação do sucesso em 2017, Lacerda aponta o ambiente organizacional, respeito entre os colaboradores e a busca contínua pessoal em almejar sempre o melhor na sua profissão, tudo isso contribuiu diretamente para a sua premiação.

Quando o assunto é 2018, Bruno Lacerda enfatiza que a sua prioridade e ver sua equipe sendo premiada como a “Equipe Destaque do Ano”, e para isso ele pretende contribuir diretamente fazendo a sua parte buscando uma nova premiação.

Fabiane Conceição ficou com o prêmio de melhor técnico do ano de 2017.

Líder da Equipe de Pessoal e Recursos Humanos, com quase seis anos de casa, Fabiane acumula o seu quarto título, sendo dois de primeiro lugar e dois de segundo lugar.

Das quatro edições das premiações promovidas pela ASI Sistemas, Fabiane esteve presente nas quatro.

Perguntada sobre a fórmula de todo esse sucesso, ela explica que é uma mistura do esforço em cumprir todos os critérios estipulados pela empresa juntamente com a vontade pessoal em alcançar as metas e atingir os resultados.

O segredo é “a minha dedicação, tudo que eu faço eu gosto de fazer bem feito”, pontua.

De acordo com Thiago, todos os funcionários buscam continuamente a excelência no atendimento prestado aos clientes, na forma de estudos, certificações e treinamentos, assim a disputa anual fica cada vez mais acirrada entre técnicos e também entre as equipes.

“este ano a disputa já foi mais apertada que a do ano passado, para o ano que vem a tendência da decisão provavelmente ficará para o ultimo mês de avaliação” Pontua.

É importante lembrar que tudo isso só é possível graças às dúvidas geradas pelos nossos usuários, pela troca de conhecimento entre técnicos e clientes e pela importantíssima participação deles na avaliação do nosso atendimento.

“O Conhecimento vem de todos os lados, principalmente no dia a dia com nossos clientes” Finaliza.

Critério de avaliação - equipe destaque e melhores técnicos

ZZ.jpg

Os critérios de avaliação são todos mensurados via ferramenta de atendimento ao cliente.

Nestes critérios foi avaliado o NPS (Net Promoter Score) que mensura a satisfação do cliente em relação a todos os atendimentos prestados pelo nosso técnico, o percentual de participação nas pesquisas de satisfação enviadas aos nossos usuários, o percentual de casos resolvidos no mesmo dia, onde mensura o poder de resolução do profissional e da equipe, quantidade de atendimentos, percentual de casos resolvidos pela ASI Sistemas sem depender do Suporte da Betha para as parceiras e também pelo acordo de nível de serviço o “SLA” (Service Level Agreement) que segue uma tendência mundial dos melhores oráticas de atendimentos espalhados pelo mundo.


Com os dados atualizados na data de hoje, a ASI Sistemas vai encerrando o ano com uma excelente média de satisfação de 94.8 em 10.00. Já o percentual de participação chegou a marca dos 80% de todos os nossos usuários.

Outra informação importante é que de toda a demanda absorvida pela nossa equipe de atendimento, 90.4% são resolvidas no mesmo dia, ou seja, uma solução satisfatória com o menor tempo possível, respeitando as regras do padrão mundial de qualidade no atendimento.

Concluindo os critérios, a ASI Sistemas através da sua equipe especializada resolve 95% de toda a sua demanda sem depender do Suporte Betha para parceiros ou até mesmo da força do setor de desenvolvimento.

 

Apenas 3,5% das necessidades são repassas para o suporte de atendimento Betha para as revendas. Restando então somente 1.5% de solicitações que necessitam de intervenção do desenvolvimento.

Premiação reflete o trabalho de toda a equipe

 

catss.jpg

Premiação reflete o trabalho de toda a equipe

Após apresentar os resultados e falar por alto das metas para 2018, a ASI Sistemas anunciou a equipe destaque do ano: Equipe de Pessoal e Recursos Humanos, liderada pela colaboradora Fabiane Conceição.

De acordo com a líder de equipe, as ações positivas e disciplinadas dos profissionais envolvidos contribuíram diretamente para o destaque da equipe no ano de 2017.
Segundo Fabiane a chave é o “retorno”, ser ágil no feedback para os clientes, onde o usuário espera toda a atenção desde o início até o término do seu atendimento.

Perguntada, Fabiane afirma que, a comunicação é um dos segredos da excelência do atendimento prestados aos usuários, “mesmo quando a equipe identifica que a solução não será entregue no horário agendado, fazemos questão de ligar para o nosso cliente e informa-lo que precisaremos de mais umas horinhas”, enaltece ela.

A equipe de Pessoal e RH também composta pela Izabela Souza e Ozeias de Sá, acumulam três prêmios de equipe Destaque, referentes aos anos de 2014, 2015 e 2017.

Guimarães ressalta que o trabalho em equipe, a comunicação interna e externa impecável e a qualificação contínua, é o segredo do sucesso “Cada colaborador deverá fazer a sua parte, assim ele busca os seus resultados individuais, contribui para os resultados da equipe na qual ele faz parte e consequentemente para os resultados e metas da empresa” finaliza.

A ASI sistemas parabeniza a equipe destaque do ano de 2017. Continuem sempre assim, com foco nos resultados, buscando cada dia mais qualidade no atendimento prestado aos clientes/parceiros da ASI Sistemas.

Confraternização ASI 2017

Foto Oficial.jpg

Belo Horizonte, 02 de dezembro de 2017

#confraternizaasi2017

#comemoraprimeirolugar2016

#premiacaointernaequipedestaque

#premiacaointernamelhortecnico

#internasegundomelhortecnico

A ASI Sistemas comemorou em grande estilo a Confraternização ASI/2017 e também o prêmio de melhor atendimento Parceiros Betha Brasil 2016.

De acordo com o gerente da ASI, a festa foi tomada por um clima gostoso de alegria, satisfação e orgulho. Colaboradores levaram seus acompanhantes e filhos e todos embarcaram na comemoração.

“O fato de poder levar seus acompanhantes e filhos as pessoas ficaram mais motivadas a confraternizar, esta ação fortaleceu ainda mais a nossa equipe que já é forte e bem unida”, finaliza Guimarães.

Todos os colaboradores da empresa se reuniram num sítio na região metropolitana de BH para confraternizar, comemorar o prêmio de “Melhor Atendimento Parceiros Betha Brasil 2016” e também para receber a premiação interna do ano de 2017, onde a empresa aponta a Equipe Destaque, Segundo e o Melhor Técnico do ano de 2017.

Segundo colaborador Chrystien Douglas “o lugar foi ideal para as festividades onde literalmente vestimos a camisa da empresa e comemoramos”.

Bruno Santos gostaria de enfatizar o clima que tomou as festividades “o ambiente era muito agradável, a harmonia estava presente entre as pessoas, com palavras motivadoras”.

Após a abertura com o tradicional amigo oculto, houve o discurso das Diretorias, metas para o ano de 2018 e em seguida deram início às premiações e logo após sequência nas festividades.

10 dicas práticas de como o gestor público pode ser assertivo na comunicação? 10 dicas práticas

 

Como o gestor público pode ser assertivo na comunicação? 10 dicas práticas

POR Mônica Bento | terça-feira, 21 de novembro | Fonte de Dados: Betha Sistemas.

Na essência, para que a comunicação ocorra, não basta que o emissor envie a mensagem. O ponto chave é o receptor receber e entender aquilo que o emissor comunicou. Na prática, no entanto, este processo é bem mais complexo. As pessoas entendem mensagens de formas diferentes, porque fazem associações com mensagens anteriores, experiências, crenças, cultura, toda sua bagagem de vida. 

Mas se não é o que você fala, e sim o que a pessoa entende o que fica gravado, como ser assertivo na comunicação?

 1 - Conheça seu público: para cada oportunidade de se comunicar, pesquise ou reflita sobre quem vai ouvir a mensagem. Vale escolaridade, faixa etária, hábitos regionais e outras questões comuns àquele público.

 2 - Direcione a mensagem: assim que você identificou o perfil do público, prepare sua comunicação de forma personalizada, para que haja maior probabilidade das pessoas se identificarem com a mensagem e assim entendê-la melhor.

 3 - Seja objetivo: principalmente quando o público for muito miscigenado, procure ser mais simples possível, menos palavras complexas e mais mensagens objetivas. As pessoas começam a perder a atenção e o interesse quando não entendem a mensagem.

 4 - Use o canal certo: os canais de comunicação têm suas características específicas e públicos segmentados. Pesquise os canais que você tem interesse e direcione a mensagem na linguagem ideal, que pode ser mais jovem, mais informativa...

 5 - Mostre a solução: o foco da mensagem não pode ser negativo, apontando problemas sem mostrar a solução. Esse é o papel dos noticiários. Já o bom gestor público sabe sim das dificuldades, mas entende que seu papel é apontar os caminhos, na prática, daquilo que precisa ser feito para uma cidade melhor.

 6 - Conte histórias: histórias têm o poder de captar a atenção das pessoas. Quando alguém ouve uma história, se coloca na cena que está sendo contada e isso faz com que o momento seja muito mais marcante.

 7 - Use mais de um recurso: algumas pessoas são visuais, precisam de materiais como apresentações digitais, fotos, vídeos. Outras precisam de recursos auditivos. Pense em atender a todos esses perfis.

 8 - Fale a verdade: uma fala mentirosa, além de ser antiética, ainda pode ser facilmente percebida, o que destrói a parte verdadeira do discurso.

 9 - Não prometa o que não pode cumprir: também antiético, além de comprometer a continuidade da sua carreira. Os recursos tecnológicos estão ajudando as pessoas a lembrarem das promessas não cumpridas.

 10 - E a regra de ouro: construa a mensagem com o início impactante, o meio relevante e o final emocionante. Estes três elementos são fundamentais para prender a atenção de qualquer pessoa. 

Acreditamos que com essas 10 dicas você poderá emitir sua mensagem, ser compreendido e ir além, despertar o engajamento das pessoas. Depois são só aplausos.

Indice.jpg

II WorkShop Leiautes do SICOM

Belo Horizonte, 21 de novembro de 2017

A ASI Sistemas marcará presença com seus especialistas no evento elaborado pelo Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais “II WorkShop Leiautes do SICOM”.

O Evento ocorrerá na Sede do TCEMG localizado à AV: Raja Gabaglia, 1.315 – Luxemburgo, no auditório Vivaldi Moreira.

O Foco do Evento é partilhar as mudanças desenvolvidas no leiaute para 2018 e apresentar às representantes das empesas de softwares para gestão pública e também representantes de órgãos municipais que estejam envolvidos com as remessas de dados enviados mensalmente para o SICOM.

Com isso o TCEMG, visa diminuir consideravelmente as inconsistências geradas nos envios do instrumento de planejamento, balancete contábil e acompanhamento mensal.

MinutoBetha - Contabilidade - Procedimentos Contábeis Patrimoniais.

Você sabe o que são os Procedimentos Contábeis Patrimoniais (CPC's) e pra que eles servem? Por Guilherme Rosa - Analista de Requisitos Betha Sistemas

 

Minuto Betha.jpg

 

Geoprocessamento, tecnologia e planejamento urbano

8926c13c0c234bd9d232f1ad0eeb9151.jpg

POR Fabio Carrion | GESTÃO PÚBLICA - Betha Sistemas

Umas das grandes metas de uma gestão pública é melhorar a qualidade de vida da população nas áreas urbanas, antecipando necessidades e garantindo moradias com infraestrutura, acessibilidade e segurança. No entanto, para alcançar objetivos tão desafiadores o investimento em  planejamento urbano é imprescindível.

Para isso, como em qualquer projeto, são necessárias algumas ferramentas que venham a colaborar de forma intensa para o alcance das metas com excelência, e uma delas é o geoprocessamento.

 

Motivos para investir em planejamento urbano

 

A qualidade de vida da população é sem sombra de dúvidas o principal motivo para se investir no planejamento urbano. Mas para que se atenda este objetivo e outros anseios da sociedade torna-se necessário identificar algumas vantagens que o planejamento urbano proporciona: 

 

1 - Impacto na economia, pois permite controlar a  localização e distribuição das atividades econômicas. Municípios com infraestrutura atraem investidores.

2 - O aumento da arrecadação é um fator muito importante e uma consequência gerada pelo planejamento urbano, pois possibilita um controle de obras e  permite fiscalizar as mesmas, fazendo com que o Plano Diretor seja cumprido. Além disso, mantém atualizado o cadastro imobiliário do município - lembrando que cadastro atualizado e consistente é base para receita de IPTU, que possibilita o investimento em infraestrutura.

3 - Na segurança, pois um projeto estratégico para controle de espaços públicos  que responda às preocupações dos cidadãos é um meio para proporcionar uma cidade melhor e mais segura.

4 - O controle na degradação do meio ambiente, já que o planejamento urbano permite que se faça um licenciamento ambiental com qualidade, fazendo com que o meio ambiente seja preservado.

 

Conhecer para planejar 

O conhecimento é o ato de conhecer, é ter noção de alguma coisa, é ter a instrução para uma tomada de decisão. Logo, para efetuar um planejamento urbano é necessário conhecer o espaço, o mapeamento temático e os dados providos por ferramentas. Sem o conhecimento não há como  antever os impactos do crescimento, sejam eles positivos ou negativos. Ele é base para desenho urbano e projeto das cidades, e é neste momento que  planejamento urbano encontra seu maior aliado: o geoprocessamento.

 

A ferramenta

      

O geoprocessamento surgiu no final do século XX como uma ferramenta de alta tecnologia e inovação para interpretações relacionadas ao espaço. 

É uma ferramenta dotada de um conjunto de métodos e técnicas que viabilizam o processamento de dados, permitindo a produção e a interpretação de imagens. Quando  aliada a tecnologias como a dos Sistemas de Informação Geográfica (SIG), possibilita a análise de informações  georreferenciadas sobre a demografia, imóveis rurais e urbanos, bacias hidrográficas ou  meio ambiente. Ou seja, o geoprocessamento é uma ferramenta que permite controlar e conhecer a movimentação da natureza e da sociedade. 

 

Geoprocessamento e o planejamento urbano

 

Os dados levantados por meio de estudos e as análises geográficas junto à automação dos procedimentos administrativos (sistemas de gestão) permite à gestão traçar objetivos ou metas para o crescimento do município.

Atualmente os Sistemas de Informação Geográfica estão interagindo com sistemas de gestão pública, permitindo a atualização do cadastro imobiliário do município.

 A atualização impacta diretamente na arrecadação do município, pois através de uma única imagem pode se identificar construções em lotes cadastrados na prefeitura como baldios, por exemplo, deixando assim de arrecadar impostos e taxas. 

Mas ele não auxilia apenas em questões financeiras. Uma imagem pode garantir o cumprimento da lei do Plano Diretor, que tem por objetivo traçar diretrizes para construções e manter a harmonia entre crescimento urbano e o meio ambiente.

A ferramenta também disponibiliza informações como características geológicas, geomorfológicas, declividades ou áreas de ocorrências de doenças e área de expansão urbana, análise de infraestrutura, informações socioeconômicas, Lei de Uso e Ocupação do Solo, Zoneamento Econômico-Ecológico, cadastro técnico multifinalitário, análises de interesses ambientais e cadastro escolar.

 

Logo, conclui-se que o geoprocessamento proporciona ao município economia, agilidade no procedimentos para atendimento das premissas de um projeto e, principalmente, quando aliado a sistemas de gestão, torna-se um instrumento que disponibiliza subsídios para uma  gestão de sucesso, tendo em mãos um planejamento urbano consistente que gera qualidade de vida à sociedade, com o pé no presente e olhos no futuro.

 

DepoBetha - Folha de Pagamento.

Você já pensou em ter um produto de qualidade juntamente com um atendimento de excelência e personalizado?

                                                                                                                Vídeo: Betha Sistemas.

Folha Imagem - Oficial.jpg

PESQUISA DE SATISFAÇÃO

Você sabia que com apenas 30 segundos você contribui com a melhoria continua do nosso atendimento?

A empresa ganha, os nossos clientes ganham e juntos todo mundo cresce.

Participem das nossas pesquisas de satisfação.

ASI Sistemas, a cada dia mais, fortalecendo a sua parceria com os seus clientes.

 

Vídeo: Betha Sistemas.

 

Oficial.jpg

A ASI SISTEMAS lança o seu novo site com uma nova Logomarca

É com muita satisfação que a ASI Sistemas apresenta aos seus clientes e parceiros o seu novo Site e sua nova logomarca.

 

oficial.jpg

A nova Web apresenta uma versão inovadora com melhor visualização, proporcionando uma maior interatividade com os seus parceiros e usuários. Os novos conteúdos também apresentam ferramentas de interatividades com as principais redes sociais para melhor divulgação das informações de interesse dos nossos clientes.

O novo site conta com a tecnologia responsiva, que se adapta a qualquer tipo de dispositivo que dispõem de melhores ferramentas para acesso de seu conteúdo, como as matérias, fotos, vídeos, atendimento, etc.

Além do novo site a empresa contará a partir de hoje com uma nova logo e um novo domínio, sendo ele: www.asi.com.br
É importante lembrar que os e-mails ainda continuam com o final asimg.com.br por alguns meses.

A nossa empresa encontra-se igualmente disponível para receber sugestões que aperfeiçoem o desempenho do site e, consequentemente facilite a interação com os nossos usuários/parceiros.

Para esclarecimento de dúvidas e/ou informações adicionais, entre em contato conosco.

BethaCon17 começa hoje! Surpreenda-se com um evento pensado especialmente para você!

Oficial.jpg

 #eunobethacon

Além do conhecimento dos palestrantes e especialistas da Betha, o evento conta também com palestras de negócios, como o Doutor em Direito do Estado, Gustavo Schiefler, que articulará sobre as principais mudanças no projeto de Lei do Senado, referente a Nova Lei de Licitações e Contratos.

Também podemos destacar o auditor federal de Finanças e Controle da Controladoria Regional da União/ES, o senhor Olavo Caldas, que falará sobre os princípios e regulamentos para mensurar a transparência pública nos municípios.

Além das palestras nacionais, esta edição contará com a apresentação de CASES de SUCESSO que surpreenderá os participantes.

Ao todo serão quase 30 palestras para enriquecer o Evento.

BethaCon17 promete!

Confira a programação:

http://www.betha.com.br/bethacon/bethacon17/programacao

Betha Compras! - Você já conhece um dos sistemas mais robustos do país?

Permite o acompanhamento completo de um processo de licitação, integrando numa mesma plataforma todos os setores e etapas essenciais para garantir sua eficiência e legalidade. Gerencia e controla, de forma automatizada, cotação de preços, propostas, solicitações de serviços, solicitação de compras e fornecimento de itens. Todos podem ter acesso à sua área específica, com segurança, sigilo e informações sempre atualizadas. Principais benefícios: Permite o acompanhamento completo de um processo de licitação, integrando numa mesma plataforma todos os setores e etapas essenciais para garantir sua eficiência e legalidade. Gerencia e controla, de forma automatizada, cotação de preços, propostas, solicitações de serviços, solicitação de compras e fornecimento de itens. Todos podem ter acesso à sua área específica, com segurança, sigilo e informações sempre atualizadas. PRINCIPAIS BENEFÍCIOS - GERENCIAMENTO AUTOMATIZADO. (Agiliza as cotações, propostas e as solicitações de serviços e de compras). - GERAÇÃO DE INFORMAÇÕES QUE PODEM SER COMPARTILHADAS COM OUTROS SISTEMAS DA GESTÃO MUNICIPAL DE FORMA INTEGRADA. - AGILIZA O PROCESSO DE COMPRA, POIS REDUZ O TEMPO DE DURAÇÃO DE TODAS AS ETAPAS DE UMA LICITAÇÃO. - INTEGRADO AO PORTAL DA RECEITA FEDERAL. (Importa os dados de credores, eliminando o trabalho de cadastramento manual). - ACESSOS PERSONALIZADOS PARA ÁREAS ESPECÍFICAS. - SEGURANÇA E INFORMAÇÕES ATUALIZADAS. - ATENDE A TODAS AS EXIGÊNCIAS LEGAIS. (Leis 8.666/93, 10.520/2002 / Lei Complementar 123/2006/ Decreto 7892/2013 / Lei 10.520/02). - ACOMPANHA O PERÍODO DE VIGÊNCIA DE CADA CONTRATO. (Informando o gestor do sistema quando algum contrato está para vencer).

Fonte de dados: Betha Sistemas

oficial 1.png

logo rodape

Endereço e Telefones

Rua Silva Ortiz, 222 - Bairro Floresta
Belo Horizonte / MG
[email protected]
(31) 2511-7252

ASI nas Redes Sociais:


   

2017 | Todos os Direitos Reservados © ASI - MG - DMX

Search

Acesso Restrito