NOTÍCIAS

A Importância do Planejamento

POR Dirlei Martinello Gomes | terça-feira, 06 de fevereiro | CONTABILIDADE | ECONOMIA | GESTÃO PÚBLICA

cq5dam.web.512.341.jpg

Fonte de Dados: Betha Sistemas.

 

Receitas e Despesas. Os principais indicadores do fluxo financeiro são foco de atenção constante para os profissionais que lidam com o Planejamento – seja de uma empresa privada ou de uma organização pública. E a cada início de ano, principalmente, este processo tão importante para uma gestão plena, deve ser revisto e adaptado conforme as exigências surgirem. Essa necessidade existe justamente para que as atividades de um município, por exemplo, possam – após planejadas – ser executadas, controladas e avaliadas conforme os objetivos traçados no Planejamento. Somente desta maneira haverá eficiência, transparência e agilidade na realização das diretrizes propostas pela administração municipal e que, certamente, irão beneficiar o município e os cidadãos que nele residem.

O Planejamento da área pública é realizado com base em um tripé essencial: o Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Criado para ser efetivo a médio prazo, o Plano Plurianual (PPA) estabelece diretrizes e metas a serem seguidos pelos gestores para o período de quatro anos. Isso não significa, no entanto, que o PPA não deva ser revisto com frequência. Pelo contrário, ele precisa de um acompanhamento constante para que haja continuidade e aperfeiçoamento do que foi proposto inicialmente. O mesmo é válido para a LDO e a LOA cujo prazo de vigência do Planejamento é mais curto e precisam de ainda mais atenção.

Além da responsabilidade em cumprir com todas as e­xigências burocráticas do Planejamento, o gestor público necessita também de um software que permita a elaboração, acompanhamento eficiente e ágil para atendimento das exigências legais.  

A agilidade na preparação do plano evita o uso de paralelo de planilhas e de informações errôneas que possam interferir e prejudicar a gestão. O acesso aos números, registros e indicadores deve ser rápido e acontecer em um ambiente de dados visuais e seguros, facilitando a gestão completa do orçamento municipal.

Estamos no início do ano, época propícia para que o Planejamento seja revisitado já com o foco em resoluções para o próximo ano. Somente com o apoio de profissionais comprometidos e de um software competente, as Receitas e Despesas deixarão de ser motivos de preocupação para tornarem-se garantias de implementação dos programas, projetos e propostas planejados pela administração pública municipal, estadual ou federal.

logo rodape

Endereço e Telefones

Rua Silva Ortiz, 222 - Bairro Floresta
Belo Horizonte / MG
[email protected]
(31) 2511-7252
(31) 2780-0347

ASI nas Redes Sociais:


   

2021 | Todos os Direitos Reservados © ASI - MG - DMX

Search

Acesso Restrito